segunda-feira, 31 de março de 2014

Obrigada Vitória!

Recebi uma encomenda. Dentro vinha este avental mimoso que só ele. A Vitória entrou na minha vida por causa do Masterchef. Mesmo não a conhecendo teve este carinho comigo. Caramba, há gente fantástica!
Adorei, muito, muito obrigada!

domingo, 30 de março de 2014

Moqueca de peixe

A primeira moqueca que comi na vida foi na Praia do Forte. Uma vilinha piscatória a 50 km de Salvador da Baía. Nunca mais comi igual... Esta fica parecida, mas igual, igual acho que só voltando àquele belo pedaço de paraíso.
Dessa viagem os três sabores que me ficaram na mente foi este, a feijoada servida em várias panelas de ferro e o acarajé. Um dia aventuro-me a fazer esse belo salgado. Agora ao que interessa, a receita.

Ingredientes:
2 postas de perca
2 lombos de salmão (ou pesacada, ou robalo)
1 pimento vermelho
1 cebola grande
2dl de leite de coco
2 colheres de sopa de azeite
1 tomate grande maduro
2 colheres de sopa óleo de palma
1 chávena de chá de água morna
salsa e cebolinho qb
sal e pimenta qb
1 lima

Tempere o peixe com sal, pimenta e sumo de lima. Deixe marinar uns 20 minutos.
Coloque num tacho a cebola finamente picada com o azeite e deixe cozinhar sem alourar.
Junte o peixe e a marinada.
Acrescente o óleo de palma, o tomate partido às rodelas, o pimento partido em rodelas finas, o leite de coco, a água e deixe cozinhar em lume médio cerca de 15 minutos.
Rectifique os temperos.
Desligue o lume e junte a salsa, o cebolinho picado e raspa de lima.
Servi com arroz de amendoim, mas pode servir com arroz branco ou de coco.
Bom apetite!





sexta-feira, 28 de março de 2014

Queques de cereja


Este tempo de chuva e frio deixa-me sempre meia murcha. Eu até gosto de uma tarde de domingo com chuva e lareira acesa, mas meses seguidos?! Afeta-me.
Sou o tipo de pessoa que precisa de sol. Abrir as janelas pela manhã e sentir o cheiro da terra aquecida pelo sol é mais revigorante que qualquer outra coisa...
Na falta de sol, animo-me na cozinha. Desta sairam uns queques de cereja cobertos com chantili de cereja.

Ingredientes:
Cerejas em calda (usei de frasco)
80g de açucar em pó
180g de farinha com fermento
1/2 vagem de baunilha
70g de manteiga sem sal
1/2 chávena de chá de leite frio
3 colheres de sopa de calda das cerejas

Misturar  o açúcar com a manteiga amolecida até obter um creme.
Junte os ovos e bata.
Acrescente a farinha e misture.
Junte as sementes de baunilha.
Aos poucos vá acrescentando o leite enquanto mexe.
Acrescente a calda das cerejas e envolva muito bem.
Coloque a massa em formas untadas.
Coloque duas a três cerejas no interior de cada queque.
Leve a forno pré aquecido a 200º cerca de 15/20 minutos.

Cobertura:
2 dl de natas bem frias
20g de açucar em pó
5 colheres de calda de cereja
raspas de chocolate
cerejas inteiras

Bata as natas com o açúcar.
Depois de batidas junte a calda e envolva.
Coloque por cima dos queques frios, acrescente as raspas e decore com uma cereja.
Bom apetite e bom fim de semana!





quinta-feira, 27 de março de 2014

Bacalhau em risoto trufado


Este arroz trufado para risoto encontro-o, volta e meia,  no Lidl. É um arroz arbóreo, mas que tem umas lascas de trufa que além do aroma intenso confere-lhe, também, um sabor bem caracteristico. Se não encontrarem, façam a receita com arroz de risoto normal.

Ingredientes:
2 lombos de bacalhau
2 chávenas de chá de arroz
1 chávena de vinho branco
3 chávenas da água de cozedura do bacalhau
1 cebola
50g de queijo da ilha ralado
1 tomate maduro
azeite
sal e pimenta qb
1 colher de sopa de manteiga

Coza o bacalhau e reserve a água.
Limpre o bacalhau da pele e espinhas e lasque-o. Reserve.
Pique a cebola (idealmente use um robot para a deixar numa especie de papa) e leve ao tacho com azeite.
Triture o tomate.
Assim que a cebola ficar translucida junte o tomate e deixe levantar fervura.
Junte o arroz e envolva.
Tempere com pimenta e sal. Tenha atenção porque o caldo do bacalhau tem sal e o queijo da ilha também. É preferível deitar pouco sal e ir provando e retificar no final.
Aos poucos vá adicionando os líquidos. Este processo é feito faseadamente: junta líquido, mexe, deixa evaporar e volta a juntar líquido. Vá mexendo para não deixar pegar.
Quando já só tiver uma chávena de líquidos junte o bacalhau e envolva delicadamente.
Acrescente o restante líquido e deixe evaporar.
Assim que o arroz estiver al dente acrescente o queijo e a manteiga e envolva.
Sirva o risoto polvilhado com cebolinho picado.
Bom apetite!



terça-feira, 25 de março de 2014

Sopa de cerejas

A primeira vez que provei esta sobremesa foi há uns anos em Bragança. Gostei dela por ser diferente e fresca. Entretanto, das pesquisas que fiz na net e em livros, saiu esta versão.
Como ainda não estamos no tempo delas, fiz com cerejas em calda. Embora, as frescas sejam as ideais, ficou uma sobremesa bem interessante.

Ingredientes:
250 g de cereja descaroçada em calda
150g de açucar em pó
Calda das cerejas
1 ramo de alecrim
1 raminho de poejos
1/2 cálice de vinho do porto
3 gemas
2 dl de leite
1 colher de sopa rasa de maisena
1/2 vagem de baunilha

Num tachinho coloque a calda das cerejas, 75g de açúcar, o vinho do porto e as ervas.
Leve ao lume até levantar fervura e junte as cerejas. Baixe para lume brando.
Deixe as cerejas cerca de 3 minutos ao lume e retire. Deixe arrefecer.
Entretanto, faça o creme batendo as gemas com os 75g de açúcar restante.
Junte a maisena dissolvida num pouquinho de leite.
Junte as sementes da baunilha e mexa.
Vá acrescentando o resto do leite batendo sempre.
Vai a lume brando até espessar ligeiramente.
Deixe arrefecer o creme totalmente.

Sirva em tacinhas individuais. Coloque as cerejas com a calda no fundo e cubra com o creme.
( Há quem no fundo da taça coloque, por exemplo, um pedaço de pão de ló, ou até apenas pão. Gosto das duas formas!)
Bom apetite!


segunda-feira, 24 de março de 2014

Franguinho com sambal e funcho



Os franguinhos são frangos de campo criados ao ar livre. São pequenos e é isso que lhes confere sabor e maciez. Ficam ótimos assados, ou recheados, por exemplo!
Não estão à venda em qualquer talho, eu compro-os no Supercor e mesmo assim às vezes só por encomenda. Se nunca fizeram aventurem-se!
O sambal, por sua vez, é uma pasta de malaguetas. É bastante picante, mas muito aromático, aqui em casa gostamos.
Tenham uma excelente semana!

Ingredientes:
1 franguinho
2 bolbos de funcho
erva de funcho
1 raminho de alecrim
1 curgete pequena
2 tomates cacho pequenos maduros
1 colher de sobremesa de pasta sambal 
sal e pimenta qb
Azeite
1 limão

Tempere o franguinho com sal e pimenta.
Leve uma sertã ao lume com azeite e o sambal e aloure o franguinho.
Retire-o e use o molho da sertã para regar o interior do franguinho.
Leve ao forno pré aquecido a 180º cerca de 30 minutos ou até estar cozinhado.
Coloque os tomates inteiros na assadeira com o frango.
Parta o funcho longitudinalmente em fatias grossas e junte ao tomate.
Parta a curgete às rodelas e coloque junte aos legumes.
Tempere com sal, pimenta, azeite, sumo de limão, o alecrim e leve ao forno a assar.
Sirva o franguinho e os legumes regados com o azeite da cozedura dos legumes e com a erva de funcho fresca.
Bom apetite!

sábado, 22 de março de 2014

Parabéns a mim!

Diz que é hoje! Faço 35 anos!!
Há 35 anos atrás nasceu uma criatura muito feiinha, com cabelo muito preto e estoupado e, segundo o seu pai, com ar de toupeira. Nascer roxa e com cabelo preto no meio de alemães, branquinhos e loirinhos, era coisa para me fazer distinguir. A força dos pulmões, também, ajudava a não passar despercebida!
 Eras muito feiinha minha filha. A tua mãe perguntava-me como eras (a minha mãe teve complicações e só me viu depois do meu pai já me ter visto) e eu lá tinha que mentir e dizer que eras linda. Mas, na realidade parecias mesmo uma toupeira! E é isto que oiço todos os anos do meu querido pai...  
Este ano sei que não será diferente! E lá vai ele recordar o dia em que foi pai de uma "toupeirinha".
Sei que os 35 vão ser ano de viragem. Sei. Sinto-o!

sexta-feira, 21 de março de 2014

Borrego com manga e malagueta e legumes gratinados



Ingredientes:
1 carré de borrego
couve flor
couve romanesco
bróculos
4 dl de natas
azeite
sal e pimenta moída qb
6 grãos de pimenta
1 colher de café de cominhos
1 colher de café de paprica
2 folhas de louro
1 raminho de alecrim
1 raminho de tomilho
1  laranja
1 manga
coentros frescos
hortelã fresca
5 dentes de alho
1 malagueta vermelha
50g de queijo mozarela ralado
Vinagre balsámico

Regue o carré com o sumo de laranja e reserve a casca.
Tempere com sal e pimenta moída na hora.
Leve o azeite, as ervas, as especiarias, casca de laranja, os alhos laminados e os grãos de pimenta a aquecer em lume brando. O azeite deverá apenas aquecer ( sem ferver) para ficar aromatizado.
Regue o carré com o azeite e massage a carne. Tape a carne e deixe marinar durante duas horas.
Sele a carne na frigideira e leve ao forno a 180º até esta ficar cozinhada.Confesso que cá em casa não gostamos do borrego mal passado. Tem que estar médio, ou o pessoal torce-me o nariz! No entanto, o ideal é a carne ficar rosada por dentro...

Para os legumes:
Separe os legumes e leve os floretes a cozer cerca de 5 minutos em água e sal.
Escorra-os e coloque em água fria para parar a sua cozedura.
Num tacho junte as natas, sal, pimenta moída ( se gostar rale um pouco de noz moscada na hora) e deixe levantar fervura.
Retire do lume e junte o queijo. Mexa bem para derreter e envolver o queijo até ficar um creme espesso.
Disponha os legumes numa assadeira, regue com as natas e leve ao forno a gratinar.

Para a manga:
Descasque a manga, parta-a em cubos e coloque numa taça.
Pique a malagueta e junte.
Junte os coentros, a hortelã e regue tudo com um pouco de vinagre balsámico.

Sirva o carré com os legumes gratinados e com a salada de manga e malagueta.
Bom apetite!







quarta-feira, 19 de março de 2014

Pão de ló de chocolate

Um pão de ló simples. Fica com uma textura húmida e faz-se num instante.
Se não sabem o que oferecer ao vosso pai, porque não um bolo? Tenho acerteza que algo feito por vós terá mais valor do que qualquer prenda comprada numa qualquer loja!

Ingredientes:
75g de chocolate negro mínimo 70% cacau
10 ovos
2 gemas
140g de açucar
50g de farinha com fermento
1 colher de sobremesa de manteiga

Leve o chocolate com a manteiga a derreter em banho maria. Reserve.
Junte o açúcar, os ovos, as gemas e bata na batedeira 5 minutos até obter um creme homogéneo.
Pré-aqueça o forno a 180º.
Junte o chocolate e bata no minimo mais 5 minutos até obter um creme leve.
Com a batedeira no mínimo acrescente a farinha aos poucos. Não deverá deixar bater muito, termine de envolver à mão.
Forre uma forma sem buraco com papel vegetal untado com manteiga.
Leve ao forno cerca de 15/20 minutos.
O pão de ló ficará com uma crosta crocante por cima e com o interior húmido.

Eu fiz um molho de frutos vermelhos (para aproveitar uns que tinha em casa), mas não é necessário. Se quiserem fazer juntem cerca de 100g de frutos vermelhos, duas colheres de sobremesa de açucar  e leve ao fogão em lume brando. Vá mexendo até obter a consistência desejada e no final salpique com folhas de hortelã fresca. Deixei reduzir pouco tempo porque queria algo mais líquido, mas vai ao gosto de cada um.
Bom apetite!





segunda-feira, 17 de março de 2014

A manga, os poejos, o madeira e o chocolate!

Esta maridagem surgiu da última mousse que fiz. Apeteceu-me experimentar uma combinação diferente quando olhei para os poejos e para a manga... Provei os dois em conjunto! Olhei para o vinho madeira e para os grãos de pimenta e voilá! E não é que a frescura dos poejos casou perfeitamente com o chocolate branco?! Para a próxima vou experimentar couli de poejos ou um crocante de poejos...

Ingredientes:
1 manga madura
6 grãos de pimenta preta
1 cálice de vinho Madeira
folhas de poejos
amêndoa pelada e fatiada
açúcar (para o caramelo)
A receita da mousse está aqui.

Faça a mousse conforme a receita e coloque no frio durante pelo menos 4 horas.
Entretanto, coloque o açucar ao lume e faça o caramelo para o praliné.
Espalhe a amêndoa sobre um tabuleiro e regue-a com o caramelo. Deixe arrefecer completamente.
Descasque a manga e corte-a em cubos.
Pique metade das folhas de poejos e reserve as restantes inteiras.
Coloque numa taça a manga, o vinho e folhas de poejos (picadas e inteiras), a pimenta e deixe macerar.
Na hora de servir, coloque a fruta e as ervas escorridas por cima da mousse e enfeite com praliné.
Bom apetite!



Creme de couve flor com crocante de farinheira

Tendo em conta a quantidade de gente que começou a fazer dieta, decido trazer um prato mais leve. Obviamente que podem fazer sem a farinheira, fica ao critério da rigidez da dieta de cada um! Eu devia ter comido sem ela, devia...

Ingredientes:
1 couve flor
1 courgete descascada
1 alho francês (parte branca)
1 cebola
1 dente de alho
noz moscada, pimenta e sal qb
1/2 farinheira
1 copo de leite magro
água
azeite e vinagre balsámico qb

Numa panela com água e sal leve os legumes cortados a cozer.
Antes de os passar a puré retire quase a totalidade da água. Passe com a varinha ou com a bimby (faço os cremes sempre na bimby).
Assim que os legumes estiverem reduzidos a uma papa acrescente o leite e um pouco da água da cozedura.
A consistência fica ao critério de cada um.
Tempere com noz moscada, pimenta e retifique o sal
Leve ao lume até começar a levantar fervura, mexa e retire.
Entretanto, coza a farinheira e depois leve-a a saltear. Deve ficar bem seca e crocante.

Empratamento:
Num prato fundo coloque o creme. Por cima junte uma colher de sopa de farinheira.
Regue com umas gostas de azeite e vinagre balsámico.
Junte umas folhas de cebolinho secas ou frescas.
Termine com noz moscada moida na hora.
Bom apetite!

domingo, 16 de março de 2014

Tártaro de bacalhau fresco e salmão

Uma receita a chamar o verão. Fácil, simples e saborosa.
Gostei do bacalhau no tártaro, não será das primeiras escolhas, mas ainda assim foi uma agradável surpresa.
Faz-se num instante, uns 15 minutos e tem uma refeição. Acompanhei com pão de mafra torrado e um belo vinho branco!

Ingredientes: (2px)
1 lombo de bacalhau fresco sem pele nem espinha
1 lombo de salmão fresco sem pele nem espinha
1 limão
cebolinho
1 chalota
sal e pimenta qb
gotas de tabasco
azeite

Parta o bacalhau finamente e coloque numa taça.
Coloque o sumo de meio limão e mexa. (O ácido do citrino é o que ajuda a "cozer" o peixe.)
Tempere com o sal, pimenta e tabasco.
Pique o cebolinho e meia chalota, acrescente e envolva.
Numa taça à parte faça o mesmo com o lombo do salmão.
Emprate e finalize com umas gotas de azeite por cima do bacalhau.
Bom apetite!

sexta-feira, 14 de março de 2014

Bacalhau fresco com arroz de tomate e coentros

Foi a primeira vez que fiz bacalhau fresco (skrei). Na realidade, foi a primeira vez que o comi.
Fiquei agradavelmente surpreendida. Gostei da textura macia e da forma como lasca.
Acompanhei com arroz de tomate e coentros e também me agradou a união de sabarores.
Arroz de tomate era o meu prato preferido em criança. Davam-me um prato e eu ficava sossegada (coisa dificil de acontecer!).

Ingredientes:
1 chávena de arroz carolino
Água ou caldo (3.5x a quantidade do arroz. Eu usei as espinhas e a pele do bacalhau e fiz um caldo)
3 tomates cacho maduros
coentros
1 cebola
Azeite
Sal e pimenta qb
2 lombos de bacalhau fresco

Pique a cebola e leve ao lume com azeite e deixe amaciar.
Triture o tomate com os coentros.
Assim que a cebola estiver translucida junte o tomate e deixe levantar fervura.
Junte o arroz e mexa.
Acrescente o caldo ou a água a ferver.
Tempere com sal e pimenta e deixe cozer conforme a indicação da embalagem.
Entretanto,tempere o peixe com sal e pimenta.
Aqueça um fio de azeite numa sertã e aloure o bacalhau de cada lado.
Leve o bacalhau a forno pré-aquecido a 180º e termine a sua cozedura. Demorará cerca de 10 minutos, ou até o bacalhau começar a lascar.
No prato, salpique o arroz com coentros frescos.
Bom apetite!







quinta-feira, 13 de março de 2014

Dois chocolates com raspas de coco fresco

Sim, é uma sobremesa para quem gosta de chocolate! E sim, é calórica!
Vá, compensa o coco fresco para lhe dar um ar mais saudável...

Ingredientes:
150g de açúcar em pó
200g de chocolate branco
50g de chocolate negro com mínimo de 70% cacau
4 gemas
150g de queijo mascarpone
1dl de natas
1dl de leite de coco
Coco fresco

Bata o açúcar com as gemas até obter um creme.
Junte o queijo mascarpone e envolva bem.
Derreta o chocolate branco com um pouco do leite de coco. Reserve o restante leite de coco.
Junte o chocolate derretido ao creme de mascarpone e envolva.
Bata as natas e incorpore-as no preparado de chocolate.
Leve ao frio no mínimo 4 hora para solidificar.

Entretanto, derreta o chocolate negro com o restante leite de coco.
Disponha por cima da mousse de chocolate branco.
Decore com raspas de coco fresco.
Bom apetite!




terça-feira, 11 de março de 2014

Um like para mim, um like para ti...

Criei uma página no facebook.
Será um local de partilha de receitas, de troca de opiniões e de (espero) aprendizagem conjunta para todos quantos a queiram visitar.
Para já, o tema mais óbvio é o Masterchef, mas para a semana já ninguém se lembra e o importante é falar de comida! Conto com vocês por lá!
https://www.facebook.com/evagoncalvesmasterchef

Salada de grão especial

Mais uma de bacalhau!
O tempo está a aquecer e já começa a apetecer umas refeições mais leves.
Esta salada de grão é boa para quem, como eu, não é apreciador de cebola crua.

Ingredientes:
300g de grão de bico cozido
2 lombos de bacalhau
1 cebola rocha
3 dente de alho
salsa ou coentros
0,5l de azeite
tomilho
casca de limão e de laranja
5 tomates cereja
pitada de cominhos
pitada de paprica
1 limão
sal e pimenta qb

Comece por aquecer o azeite com 2 dentes de alho, as ervas e as cascas dos citrinos.
O azeite nunca poderá ultrapassar os 80º. O ideal é entre os 75º e os 80º.
Mergulhar os lombos com a pele para cima. O bacalhau deverá ficar submerso.
Ir sempre controlando a temperadtura do azeite para não ferver nem aumentar.
O bacalhau ficará confitado quando se notarem distintamente as lascas e estas se soltarem umas das outras com facilidade. Cerca de 20 minutos é o tempo que demora a confitar (depende da grossura do lombo). Depois de confitado limpe a pele e lasque-o cuidadosamente.
Leve ao lume uma sertã com duas colheres de sopa do azeite de confitar o bacalhau.
Junte a cebola e o alho finamente picados.
Tempere com  pimenta, cominhos e a paprica.
Deixe cozer apenas até ficar translucido.
Baixe o lume e junte o grão.
Mexa para envolver bem o grão na cebola.
Retire do lume e acrescente o bacalhau.
Junte a salsa (ou coentros) picada.
Pique grosseiramente o tomate e junte.
Retifique o sal, regue com sumo de limão e acrescente um fio de azeite do bacalhau.
Se gostar escalfe um ovo e sirva com a salada de grão.
Bom apetite!

segunda-feira, 10 de março de 2014

Bacalhau de forno com batata gratinada

Gosto de bacalhau de todas as formas. Se bem confecionado pode tornar-se rei em qualquer mesa.
Mas, neste prato, o que destaco é o que o acompanha, umas belas e saborosas batatas gratinadas.

Ingredientes:
2 lombos de bacalhau
4 batatas grandes
1 cebola grande
1 dentes de alho
azeite
sal e pimenta qb
5/6 grãos de pimenta
2 ovos
50g de queijo da ilha
meio copo de leite
2 colheres de sopa de manteiga ligeiramente amolecida

Leve as batatas a cozer com a casca em água temperada de sal.
Num recipiente de ir ao forno, disponha a cebola partida em meias luas, o alho laminado, os grãos de pimenta, o bacalhau e regue com um bom fio de azeite.
Deixe cozinhar a 180º cerca de 30 minutos, ou até o bacalhau lascar e estar cozinhado.
Escorra as batatas, descasque-as, parta em rodelas e disponha num pirex, ou semelhante.
Vá juntado a manteiga por cima das batatas.
Bata os ovos com o queijo ralado e o leite. Tempere com sal e pimenta moída na hora.
Regue as batatas e leve ao forno a gratinar cerca de 20/30 minutos.

Empratamento:
Num prato, faça uma pequena cama de cebola e coloque o bacalhau por cima.
Com um aro de empratamento recorte o gratinado de batata e disponha no prato.
Regue o bacalhau com azeite da sua assadura.
Salpique com cebolinho e sirva com tomate cereja.
Bom apetite!

domingo, 9 de março de 2014

Obrigada Manuel Luís Goucha!

Hoje não vos trago uma receita.
Partilho algo que me deixou feliz! Muito feliz!
Receber um elogio destes de alguém como o Manuel Luís Goucha é motivo de grande felicidade.
As palavras que me dedicou no seu blog encheram-me de orgulho e alegria.
http://cabaredogoucha.pt/uma-historia-masterchef/

quinta-feira, 6 de março de 2014

Migas de batata e espargos com lombelos em pau de louro


Tinham sobrado batatas do cozido à portuguesa do carnaval. Achei que era quase um crime deitar aquelas belas batatas, cheias de sabor dos enchidos, ao lixo. Pensei e saíram umas migas ( raio das migas que me tramaram no Masterchef!! mas eu ultrapasso o trauma!) muito, muito deliciosas!

Ingredientes:
4 batatas cozidas e esmagadas
pão alentejano duro e demolhado
3 dentes de alho
salsa (ou coentros, o que preferir)
4/5 espargos cozidos e finamente cortados
azeite
sal e pimenta qb
2 colheres de sobremesa de massa de pimentão
1 lombelo de porco
sumo de meio limão
1 copo de caldo do cozido (ou de carne)

Faça uma marinada com a massa de pimentão, o sumo de limão, 1 dente de alho laminado e a pimenta (não adicionar sal que o pimentão já tem).
Parta os lombelos, espete os paus de louro em cada um deles e junte à marinada. Reserve.
Num tacho leve ao lume azeite, dois dentes de alho laminados e uma mão cheia de salsa cortada grosseiramente.
Mexa só para libertar os aromas da salsa e acrescente o pão demolhado e escorrido.
Mexa e baixe o lume. Deixe cozinhar uns 2/3 minutos mexendo sempre.
Acrescente o caldo e mexa.
Acrescente a batata e retifique os temperos.
Deixe cozinhar até que se comece a desprender do fundo do tacho.
Retire do lume e junte os espargos mexendo.
Aqueça uma sertã antiaderente e leve as ligas a ganhar cor.
Entretanto, leve os lombelos a grelhar. Tenha atenção para não deixar passar demais ou a carne seca.
Sirva com as migas e regue tudo com um fio de azeite.
Bom apetite!



quarta-feira, 5 de março de 2014

Pudim abade de Priscos

Este pudim é típico cá de Braga e dizem os apreciadores que é dos melhores pudins da nossa doçaria.
Foi à mesa de Carnaval e rematou o cozido à portuguesa.

Ingredientes:
15 gemas
1/2 kg de açúcar
1/2 litro de água
50g de toucinho gordo finamente cortado
casca de limão
pau de canela
1/2 cálice de vinho do porto
Açúcar para fazer o caramelo para a forma

Faça o caramelo e caramelize a forma. Eu fiz um caramelo claro que é assim que gosto dele.
Leve ao lume a água e deixe começar a ferver.
Junte o açúcar, o toucinho, a canela e a casca de limão.
Deixe levantar fervura até obter ponto de espadana (120º).
Entretanto, bata as gemas com o vinho do porto.
Passe a calda de açúcar por um coador e junte às gemas.
Mexa bem.
Coloque o preparado na forma caramelizada e tape muito bem. Não pode entrar humidade.
Leve ao forno em banho maria, cerca de 1 hora a 200º.
Tenha muita atenção que a água não pode ferver. Se isso acontecer o pudim vai talhar. Se vir que começa a querer ferver junte água fria para baixar a temperatura.
Deixe arrefecer completamente e desenforme.
Bom apetite!

terça-feira, 4 de março de 2014

Masterchef estreia sábado!

Caramba, acabei de me ver no video de apresentação! Que coisa mais estranha...
Aqui fica o video de apresentação do programa:
http://www.tvi.iol.pt/videos/14099079

segunda-feira, 3 de março de 2014

Bolo de banana e caramelo

Esta receita é da Donna Hay. É um verdadeiro hino à gula.
Bom Carnaval!

Ingredientes:
3 bananas maduras esmagadas
3 ovos
300g de farinha com fermento
175g de açucar mascavado escuro
110g de açucar branco refinado
175g de manteiga à temperatura ambiente
1/2 colher de chá de canela
1/2 colher de chá de fermento em pó

Para o caramelo:
375 ml de natas
175g de açucar mascavado

Pré aqueça o forno a 170º.
Junte todos os ingredientes e mexa com a batedeira até obter uma massa uniforme.
Unte uma forma tipo bolo inglês e coloque papel vegetal também untado.
Deite o preparado sobre o papel vegetal.
Vai ao forno cerca de uma hora, ou até estar cozido.
Entretanto, a cerca de 15 minutos de retirar o bolo, comece a fazer o caramelo.
Junte os ingredientes e leve ao lume.
Deixe cozinhar cerca de 10 a 15 minutos até ficar com a textura que mais gostar.
Retire o bolo da forma e deite o caramelo por cima. O bolo deverá estar quente quando adicionar o caramelo.
Pode servir com uma bola de gelado de baunilha.
Bom apetite!




Mousse de manga e duo de chocolates


Apetece uma mousse, mas não quer ficar com tanto peso na consciência? Faça esta que a palavra manga "engana" logo a mente e acreditamos que é light!

Ingredientes:
4 dl de polpa de manga
3 dl de natas
1/2 lata de leite condensado
4 folhas de gelatina
150 g de chocolate negro
75g de chocolate branco

Comece por bater as natas.
Adicione a polpa de manga, o leite condensado e a gelatina a devidamente hidratada e derretida. Pode derreter em banho maria ou no micro-ondas.
Divida a mousse em duas taças.
Rale o chocolate até ficar num pó granuloso.
No fundo de taças individuais coloque um pouco de chocolate.
Junte o restante chocolate a uma das taças e mexa.
Disponha as mousses alternadamente nos copos.
Se gostar guarde um pouco da polpa da manga e coloque umas gotas para finalizar.
Deite raspas de chocolate branco e preto por cima.
Leve ao frio umas 3 horas.
Bom apetite!

domingo, 2 de março de 2014

Couscous com salmão e vieiras


Confesso que salmão e couscous são das minhas formas preferidas de comer couscous. As vieiras só vieram ajudar a gostar, ainda, mais.

Ingredientes:
1 lombo de salmão sem pele e espinhas
6 vieiras
150g de couscous
150g de água a ferver
1 colher de chá de cominhos
Sal e pimenta qb
Azeite
1 malagueta vermelha
Salsa
limão
Espargos

Deite a água a ferver em cima dos couscous.
Tempere com sal, pimenta, raspa de limão, os cominhos, um fio de azeite e tape.
Deixe cerca de 5 minutos até o couscous absorver a água.
No final, junte salsa picada e malagueta a gosto e envolva o couscous.
Grelhe o lombo de salmão temperado de sal, pimenta e sumo de limão.
Lasque o salmão e  junte ao couscous.
Frite as vieiras no molho que sobrou do salmão.
Coloque por cima do couscous já empratado.
Escalde os espargos e salteie-os no molho onde fritou as vieiras.
Enfeite com ovas de arenque.
Bom apetite!